Scroll Top

5 Fatores chave para a implementação com sucesso de uma ETAR

1

Ouve-se falar muito de ETAR e não sabe o que é, ou tem de começar a construção de uma ETAR e é a primeira vez?

Vamos ver o que é uma ETAR, e que aspetos devem ser tidos em conta para a execução das suas estruturas.

Uma ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais), também chamada Estação de Tratamento de Esgotos ou Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), é o local onde as águas residuais de cidades próximas são tratadas para serem reutilizadas. Para o tratamento de águas residuais industriais, são utilizadas Estações de Tratamento de águas residuais industriais (ETARI).

Os objetivos de uma ETAR são a remoção de compostos de amoníaco e fósforo e a transformação dos resíduos retidos em lamas estáveis para garantir a sua correta utilização.

 

Fases de tratamento de água

Tradicionalmente, uma estação de tratamento de águas residuais pode ser dividida nas seguintes fases fases de purificação:

  1. Pré-tratamento: processo em que grandes sólidos, areia e gorduras são removidos.
  2. Tratamento primário: remoção de sólidos em suspensão (sólidos inertes, matéria orgânica particulada…).
  3. Tratamento secundário: tratamento biológico que transforma matéria orgânica nas águas residuais em matéria celular, gases, energia e água.
  4. Decantação secundária: separação da água tratada da lama gerada no processo biológico.

A partir daqui, a água está pronta para reutilização, e o tratamento das lamas residuais começa.

Fases de tratamento de lamas

A linha de tratamento de lamas trata os subprodutos originários da linha de água, para que possam ser reutilizados na agricultura, recuperação de energia, aterro controlado, etc.

Existem três fases no processo de tratamento das lamas:

  1. Espessamento: reduz o volume de lodo através da remoção de água. Pode ser por gravidade-decantação ou ainda por flutuação. Esta fase tem lugar em depósitos circulares dedicados.
  2. Estabilização: elimina odores, matéria orgânica, organismos patogénicos para reduzir os riscos para a saúde. Esta fase por digestão aeróbica e anaeróbica, que tem lugar em grandes depósitos circulares.
  3. Desidratação e secagem: diminui o teor de água para facilitar o transporte e manuseamento de lamas.

Cada fase do processo de purificação tem, portanto, as suas próprias estruturas para a sua realização, as mais imponentes das quais se encontram nas fases de tratamento das lamas.

Tais estruturas de betão são: Reatores, Decantadores, Depósitos, Digestores, Espessadores e Separadores, com uma série de paredes retas e curvas de betão, que têm geralmente entre 3 e 15 metros de altura, dependendo do volume a que foi dimensionado. Este tipo de trabalho coloca uma complexidade na sua execução, que pode ser resolvida e transformada em sucesso se for escolhido o parceiro certo.

 

Quais são as 5 chaves para garantir o sucesso na execução de uma ETAR?

 

1.- Know-how

Na hora de decidir com que empresa de cofragem trabalhar, pode passar pelo chamado processo de concurso durante um período de várias semanas. Neste ponto, irá avaliar uma série de fatores: muitas vezes o fator mais importante é o fator económico, mas é importante saber que contratar uma empresa de cofragem apenas com base no fator preço não garante o sucesso do projeto, nem que será o resultado mais económico.

Encontrar uma empresa com grande experiência e know-how neste tipo de trabalho é o mais valorizado pelos gestores de sítios quando são confrontados com projetos que envolvem estruturas de tratamento de água, tais como ETAR.

2.- Serviço técnico no local da obra

A empresa responsável pela obra precisa que a execução das suas estruturas seja concluída a tempo, sem complicações ou atrasos. Pode conseguir esta paz de espírito com um serviço profissional e experiente no local da obra. Um pessoal técnico com quem criar essa ligação, trabalho de equipa, envolvimento e confiança para assumir e resolver em conjunto cada uma das diferentes estruturas.

Neste tipo de projeto, passam normalmente vários meses desde o momento do concurso até ao início da fase estrutural, e existem frequentemente alterações nos desenhos, o que pode alterar logicamente as previsões para o material de cofragem que foram inicialmente planeadas. Este cenário poderia desencadear alguns inconvenientes, mas com um serviço técnico empenhado e experiente, podem ser resolvidos perfeitamente, no local.

3.- Planificação

Em construção civil é muito importante saber quando é que cada estrutura de betão será executada. Nas ETAR, é necessário planear estes tempos e estudar cada uma destas fases em conjunto, obtendo grandes benefícios em termos de desempenho de todo o material de cofragem, garantindo maior produtividade e, portanto, menores custos.

Quanto mais planeamento, mais poupança de custos, simples, não é?

 

4.- Cofragem versátil

Nas ETAR é também essencial ter uma cofragem de parede versátil e compatível (tanto reta como curva) para resolver os ajustamentos a cada uma das diferentes dimensões. Em locais de construção desta dimensão, especialmente quando estão geograficamente localizados em áreas distantes dos depósitos de abastecimento, precisam de ter o material necessário à sua disposição imediata.

É muito benéfico para o estaleiro de construção não ter de fazer extensões e, portanto, ao ter material de cofragem de tamanhos diferentes, é possível conseguir esta folga e versatilidade para resolver qualquer ajuste e não sofrer atrasos em qualquer altura.

Versatilidade, serviço logístico, e disponibilidade de material: Algo que precisa sempre de descobrir!

5.- Mão-de-obra

Trabalhar com uma mão-de-obra qualificada é muito importante a fim de evitar diferentes tipos de inconvenientes. Neste tipo de projeto, a experiência dos trabalhadores pode ser decisiva, especialmente em termos de cumprimento de prazos. Ao trabalhar com mão-de-obra não especializada ou inexperiente, não só diminui a produtividade, como também existe o risco de custos excessivos para remediar possíveis falhas na execução das estruturas.

Em resumo, nas ETAR e nas obras em grande escala em geral, é muito importante escolher e depender de fornecedores que possam garantir um certo nível técnico e logístico tanto na fase de estudo preliminar da obra como na fase de execução. Uma empresa que pode ser um parceiro, e não um fornecedor.

We provide solutions for concrete structures. Together, we move forward.
Alsina

Quer saber mais? Contacte-nos!

    Posição:

    *Os campos obrigatórios

    Postagens relacionadas